31.3.08

Finanças perdoam 10 milhões de euros de IVA a sindicato da UGT

No Jornal de Negócios

ECONOMIA Publicado em 11 Março 2008

«Finanças perdoam 10 milhões de euros de IVA a sindicato da UGT

As Finanças perdoaram uma dívida de aproximadamente 10 milhões de euros de IVA ao Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI), respeitante a reembolsos obtidos indevidamente pelo sindicato entre 2003 e 2007.

O perdão foi concedido no pressuposto de que o contribuinte, apesar de ter agido à margem da Lei, estava de "boa-fé" quando obteve as referidas vantagens fiscais.

O perdão fiscal, concedido no final do ano passado, mereceu a concordância de toda a hierarquia do Fisco, desde o subdirector-geral para o IVA, passando pelo Director-Geral dos Impostos e pelo então secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Amaral Tomaz, e tem contornos muito semelhantes ao caso noticiado pelo Jornal de Negócios há cerca de um ano, envolvendo o sector bancário.

Agora, como então, as Finanças admitem que o sindicato obteve reembolsos de IVA à luz de uma interpretação errada da Lei, mas resolveram passar uma esponja no passado. A única condição foi que o SBSI passasse a respeitar a Lei a partir de Janeiro de 2008, coisa que o sindicato garante que já está a acontecer. »

30.3.08

Mação: Vice-presidente da Câmara condenado a perda de mandato pelo Supremo Tribunal Admnistrativo cessa hoje funções

Mação, Santarém, 07 Mar (Lusa) - O vice-presidente da Câmara de Mação cessa hoje funções na autarquia após a condenação do Supremo Tribunal Administrativo a perda do mandato para que foi eleito em Outubro de 2005 por falta de apresentação atempada da declaração de rendimentos.
António Louro (PSD), que cede o lugar a Vasco Estrela, disse hoje à Agência Lusa que não apresentou a sua declaração de rendimentos, património e cargos sociais no tempo útil determinado por lei devido a "múltiplos afazeres e distracção com os dias".
"Não foi por desrespeito para com a lei vigente mas simplesmente por excesso de trabalho a que me encontrava sujeito em resultado dos diversos cargos e responsabilidades que assumia na autarquia", disse.
Considerando-se "injustiçado e frustrado por perder o mandato por entregar um papel fora de prazo", António Louro, que recorreu várias vezes da decisão, disse à Lusa que "apesar de tudo" fez a entrega da sua declaração de rendimentos e que a acção entrou em tribunal "só vários meses depois" disso.
"A declaração foi entregue com atraso mas está lá para quem a quiser ver ou consultar", disse o autarca, que considera a decisão do STA "desequilibrada porque a sanção pública é demasiado forte e coloca em causa a honorabilidade de um indivíduo", neste caso a sua.
"Esta perda de mandato de um eleito pelo povo é despropositada e até inusitada e a prova disso é que outros autarcas deste país que entregaram o documento depois de mim não perderam o mandato", afirmou.
António Louro disse à Lusa que, "atendendo a casos similares e que o Tribunal considerou apenas de mera irregularidade", vai apresentar um "recurso de uniformização de jurisprudência".
Os magistrados do Ministério Público aprovaram por unanimidade em Outubro de 2007 a declaração de perda de mandato do vice-presidente da Câmara de Mação tendo-se baseado no art.º 1º da Lei 4/83.
Segundo a lei, a sanção única prevista para "um detentor de cargo político que não entregue a declaração de rendimentos, património e cargos sociais nos sessenta dias seguintes à data de tomada de posse nem nos trinta dias consecutivos à notificação a efectuar pelo Presidente do Tribunal Constitucional incorre em declaração de perda de mandato por comportamento gravemente culposo". Segundo o acordão, António Louro "não podia aproveitar a alegação de que o incumprimento daquela obrigação legal se deveu ao excesso de trabalho a que se encontra sujeito, em resultado dos diversos cargos e responsabilidades que assume na autarquia". "Na verdade, tal alegação apenas confirma que o demandado menosprezou a importância do cumprimento desse dever, dando prevalência ao tratamento de outros assuntos de natureza profissional, confirmando, nessa medida, a sua culpa, a título de negligência, no incumprimento atempado de tal obrigação", refere a decisão.
Segundo o acórdão, "a perda de mandato decorrente da não apresentação da declaração de rendimentos destina-se a viabilizar o controlo público da riqueza dos titulares dos cargos políticos e, dessa forma, evitar os casos de corrupção e preservar o prestígio da classe politica num tempo em que a opinião pública está muito sensibilizada para esse problema".
A conclusão a que chamaram os magistrados do Ministério Público foi no sentido de considerar que "a falta imputada ao arguído foi cometida com culpa grave e que a mesma é fundamento de perda de mandato".
Em declarações à Lusa, António Louro disse que "Portugal deve caminhar no sentido da exigência e transparência por parte de todos os eleitos locais", embora considere que o poder político "deve clarificar esta lei e prever outro tipo de sanções para este género de irregularidades". "Não acho justo que só exista uma sanção e logo com esta gravidade. Uma multa pecuniária acho que se ajustava mais a esta situação", afirmou.
Saldanha Rocha, presidente da Câmara de Mação, disse hoje à Lusa ter ficado "atónito pela despropósito" da decisão do STA e referiu que o "choque" causado por este desfecho causou um "misto de tristeza e de indignação por uma decisão que não é proporcional à anomalia verificada". Saldanha Rocha disse estar "solidário" com o seu ex-vice-presidente e que este, apesar da perda de mandato, vai continuar a trabalhar com a autarquia mediante um "novo enquadramento".
"É uma questão de interesse concelhio pelo seu mérito, pelos seus conhecimentos e pelas capacidades evidenciadas e também porque não existe nenhum impedimento ético ou moral nesse sentido", disse o autarca.
António Louro, 36 anos, formado em engenharia, assumiu o cargo de vice-presidente da Câmara de Mação após as eleições autárquicas de Outubro de 2005 e detinha os pelouros do Ambiente e Protecção Florestal, Protecção Civil, Águas e Saneamento Básico, Habitação, Obras Municipais e Salubridade Urbana e Higiene.
O executivo da Câmara Municipal de Mação reúne hoje, às 16:30, de forma extraordinária e com dois pontos na ordem de trabalhos: informação da perda de mandato do cargo politico do vereador e vice-presidente António Louro e alteração da composição do executivo camarário e consequente atribuição de novos pelouros.

Processo disciplinar a militar reformado

Transcrição do Portugal Club:

A COMIL, Comissão de Militares

Fomos todos surpreendidos com uma notícia saída no Diário de Notícias de hoje, segundo a qual, o Chefe do Estado-maior da Força Aérea (CEMFA) instaurou um processo disciplinar ao coronel, há vários anos na situação de reforma, Luís Alves de Fraga.

Os motivos prendem-se com a denúncia, efectuada no Blog “Fio de Prumo” da autoria daquele prestigiado militar, da gravíssima situação existente no Hospital da Força Aérea Portuguesa (FAP) no tocante ao deficiente atendimento da generalidade dos militares seus utentes. O texto da denúncia era acompanhado de fotografias de longas filas de espera de militares para serem atendidos naquele hospital.

Recordamos que, na reorganização da Saúde Militar que o Governo pretende levar a cabo, este Hospital é aquele que está indigitado para ficar a prestar os cuidados de saúde a um universo de militares cinco ou seis vezes superior ao actual.

Se agora é assim, ficamos com uma ideia do que nos espera!

O CEMFA, incomodado com a denúncia, ao invés de tentar resolver o problema, optou por atitudes que são atentatórias dos mais elementares direitos de cidadania consagrados na Constituição da República.

É uma decisão inédita. Depois de nos últimos dois anos, terem sido levantados 50 processos disciplinares a militares na efectividade do serviço, alguns deles já castigados, por exercerem os seus direitos cívicos consagrados na lei, é a primeira vez que esta onda repressiva chega a um militar na situação de reforma. Isto apesar de estar bem explícito na lei que o Regulamento de Disciplina Militar é aplicado aos militares na efectividade de serviço e numa altura em que os militares castigados reclamam uma amnistia.

A argumentação é, no mínimo, falaciosa. Como é que um militar na situação de reforma tem capacidade para colocar em causa a “Coesão e Disciplina na FAP”?

Se algum chefe militar se sente ofendido na sua dignidade, honra e bom nome tem o direito e o dever de recorrer aos tribunais para se defender. Então porque o não faz? Tem medo de quê? Será que é por nos últimos tempos várias decisões dos tribunais terem dado razão aos cidadãos militares contra as pretensões das chefias militares?

Desde a tomada de posse deste Governo, os cidadãos militares têm estado sujeitos a sevícias indignas de um Estado democrático. O Governo e os seus agentes no interior das Forças Armadas continuam a optar pela repressão, mesmo sobre aqueles que estão na posse de todos os seus direitos constitucionais, em plena igualdade com os restantes cidadãos.

Por isso devemos denunciar castigos desta natureza.

Os direitos de cidadania asseguram-se, exercendo-os.

O comportamento determinado, disciplinado e persistente que tem caracterizado a actuação dos militares é disso a prova cabal.

A verdade e a justiça virão ao de cima.

30 de Março de 2008
A COMIL, Comissão de Militares

NOTA: Deixa-se aqui um apelo aos bloguistas para apoiarem com os seus comentários o Sr. Coronel Luís Alves de Fraga. Poderão deixá-los neste post, no post recente neste blog «Proibido dizer ‘o rei vai nu», ou no blog «Fio de Prumo».
Temos que evitar um Portugal novamente amordaçado.

29.3.08

País multiplicador de miseráveis

Read this doc on Scribd: A VERDADE 008 - A ver a banda passar

Frases que retive para meditar:
"Por cada 15 emigrantes que entram (brasileiros, africanos, ucranianos, etc), saem 100 Portugueses para o estrangeiro"
Isto é criminoso!!! Isto é que dá cabo da Economia de um país!!!
"A 2ª maior cidade portuguesa é PARIS. Conta com mais de 1.000.000 de Portugueses."
E isto ninguém diz!!! O povo anda cego!!!
"Emigrantes estão a aliviar desemprego..."
Nem assim!!! Ladrões!!!

Quem me dera poder ir também.
O meu cunhado foi...
A minha irmã vai...
O irmão dele tb foi...
O meu irmão irá...

E nós?

Ficamos nesta MERDA.

Parabéns Manuel.

A música prós meus ouvidos

28.3.08

Olha mais 15 vídeos de "meninos" bem educados

São só mais 15 vídeos.
Insultos em coro...
Pegar fogo a cadeiras...
Gozar com a cara dos Professores...
Filmar o corpo das docentes...
Indisciplina!!!!
Pode não ser só violência mas a indisciplina está sempre lá...
... e é violência psicológica para com quer ensinar e para com os que realmente querem aprender!!!

Os vídeos AQUI.

Se eu pudesse também ia


Se eu estivesse nas condições legais de poder ir...... também ia.
Os Professores estão fartos.
Nas escolas todos falamos disso.

Proposta: tenho 10 anos de serviço!!! Se me derem 1/3 do meu ordenado eu vou embora!!!
Arranjo um empreguito no MaDonalds e fico bem. Tranquilinho.

Sim Sra. Primeira

Esta Sra. namorada do Pinóquio vem aqui agora dizer que afinal a culpa é das TVs.
Foram as TVs que humilharam a Professora!
Foram as TVs que divulgaram o vídeo ilegal!
MENTIRA...
A internet divulgou (antes de dar na TV já estava no meu blog) o que um palhaço filmou ilegalmente.
As TVs querem vender!!! Graças a isso é que a "menina" foi castigada. Se assim não fosse nada acontecia. Basta ver os outros vídeos que aqui estão e que as TVs não passaram e ver que a "estes" não acontecerá nada!
É óbvio que a Professora foi mais exposta assim................. mas a culpa é dos ALUNOS (e seus pais)!!! De mais ninguém.
Esta opinião só vai ao encontro do ambiente namoradeiro deste governo socrético. Mas vêm aí as eleições. As rosas vão começar (o IVA é o princípio).

Vale a pena ler...

... a quem se interessar em saber o que é a EDUCAÇÃO em Portugal. E falta lá muita coisa...Ufa...
Saí de casa à 01:30 para ir comprar!!!

E a estes não acontece nada?

27.3.08

Prémio - Blog Democrático - Março 08


Este mês foi um período de muita luta. Foi a manif. de dia 8, foram os constantes ataques aos professoras, foi o vídeo da Patrícia...
O prémio Blog Democrático do mês de Março vai para:


A Educação do Meu Umbigo do colega Paulo Guinote.


Parabéns!!!
É sem dúvida um excelente local de aprendizagem para o Ensino da Democracia.
Continua.

Afinal tb era para poupar dinheiro que se fecharam as escolas

Afinal, o estado não vai criar novas escolas, com condições, com cantinas, com espaços desportivos, etc...
Afinal o objectivo era fechar as "velhinhas" e juntar os meninos todos noutras tb SEM CONDIÇÕES...
Afinal não vai haver dinheiro!!!
Que novidade!!!!
Só os lorpas é que ainda pensavam que haveria.

26.3.08

Governo ajuda Pedroso contra.... o Estado!!!

A manchete de ontem do semanário Sol deixou-me estarrecido. Então não é que o jornal revela que o "Governo colabora na acção de Pedroso contra o Estado"?
Segundo o Sol, "um documento de Catalina Pestana apareceu misteriosamente nas mãos do advogado de Paulo Pedroso. E quem o passou foi o chefe de gabinete do ministro Vieira da Silva. A juíza já participou ao Ministério Público. O caso prova as ligações entre o Governo e Paulo Pedroso, num caso em que este processa o Estado". Para quem não tenha presente o que isto pode representar, diga-se que, diz o jornal, "o documento foi apresentado por Celso Cruzeiro em tribunal, de uma forma que indicia uma estreita ligação entre Pedroso e o Governo e que pode contribuir para a condenação do Estado".
O ex-ministro do PS, e membro do núcleo duro do antigo secretário-geral socialista Ferro Rodrigues (tal como Vieira da Silva, aliás), pede nada mais nada menos do que 800 mil euros ao Estado de indemnização por ter sido alegadamente envolvido no chamado escândalo da pedofilia na Casa Pia.
Pedroso está no seu direito, se se acha inocente e se tiver fortes provas disso. O que não é normal é que seja um gabinete governamental a ajudá-lo numa acção contra o Estado português. Demonstra falta de tudo do gabinete em causa: falta de sentido de Estado, de sentido de dever público, de sentido democrático e até falta de pudor. É que o ministro Vieira da Silva tem a tutela da Casa Pia e foi o braço-esquerdo de Ferro Rodrigues (Pedroso era o direito), portanto alguma coisa fica por explicar.
A partir de agora, e com a notícia do Sol, passa a haver mais um ministro na corda bamba. Maria de Lurdes Rodrigues talvez dure mais uns tempos. Vieira da Silva, num País normal, caía hoje mesmo. Mas estamos em Portugal, onde nada acontece.

O IVA vai baixar......... ELEIÇÕES!!!

O Inginheiro anunciou hoje que vai baixar o IVA.
A isto só tenho a dizer:


Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES, Eleições, eleições, ELEIÇÕES...

+ subsídios de desemprego chorudos

Estado poderá pagar a dois ex membros do M. Economia para não irem para outro lado trabalharem... Durante 2 anos!!!

+- 8600€ por mês.............nada mau para subsídio de desemprego.......ou subsídio para não emprego. Como queiram.
Mais aqui.

Os combustíveis mais baratos

Neste site poderão ver onde se encontram os melhores preços dos combustíveis:


É bom saber!!!
A vida está dura... e os subsídios são só para os governantes...

Vem aí a solução!!!

PS disponível para solucionar problemas dos professores contratados
Público online

- Vai criar mais lugares no quadro???
- Vai fazer com que não sejam cobaias do sistema???
- Vai dar-lhes as mesmas oportunidades temporais para a sua avaliação???
- Vai dar oportunidade de terem as "boas notas"???

Se respondeu "sim" a alguma das questões então está preocupado com os contratados. Se não respondeu "sim" a nenhuma das questões, então está-se a borrifar para esta treta!!!

E é hoje o dia em que se sabe que a "menina" do Carolina irá responder ao Tribunal de Menores!!!
Do 8 ao 80.
Não que não seja justo... mas, de repente, e sem pré-aviso pois nunca foi assim, irão fazer desta "menina" mal educada um exemplo.
O que me irrita é que não vão ser feitas alterações para aumentar o PODER disciplinador dos professores.
ÒDespois de punir esta "menina" tudo ficará na mesma!
Mas a máquina da propaganda sócretina dirá que foi exemplar e que de agora em diante tudo será diferente!

"Acabou a crise" - José Sócrates

"As crises orçamentais estão ultrapassadas"

ELEIÇÕES ,eleições,
ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições, ELEIÇÕES ,eleições,

Porque me apetece.

Hoje sinto-me em baixo. Começo a ficar farto deste país onde tudo é mau. Vejo amigos e família a emigrar e a darem-se muito bem. Fico triste.

Hoje só me apetece colocar aqui isto coisas que me dão raiva:

Quando te vêem deitado, de olhos fechados, na tua cama, com a luz apagada e te perguntam:
- Estás a dormir?
- Não! Estou a treinar para morrer!

Quando a gente leva um electrodoméstico para a reparação e o técnico pergunta:
- Está avariado?
- Não!... É que ele estava cansado de estar em casa e eu trouxe-o para passear.

Quando está a chover e percebem que vais sair à chuva, perguntam:
- Vais sair com esta chuva???
- Não, vou sair com a próxima...

Quando acabaste de te levantar e vem um idiota (sempre) e pergunta:
- Já acordaste?
- Não. Sou sonâmbulo!

O teu amigo liga para tua casa e pergunta:
- Onde estás?
- No Pólo Norte! Um furacão trouxe a minha casa para cá!

Acabas de tomar banho e alguém pergunta:
- Tomaste banho?
- Não!... Está a chover no WC!!!!!

João comprou um par de sapatos novos e chega a casa:
- Maria o que achas?
- Acho de quê?
- Não notas nada de diferente?
- Não...
João vai à casa de banho, tira a roupa toda e volta apenas com os sapatos novos calçados.
- E agora? Já notas alguma coisa diferente?
- Não, o 'coiso' continua pendurado para baixo, assim como estava ontem e como estará amanhã!
- E SABES PORQUE É QUE ELE ESTÁ PENDURADO PARA BAIXO?
- Porquê?
- Porque ele está a olhar para os meus sapatos novos!
- Hum... podias ter comprado um chapéu ...

Três pretos vão à praia pela primeira vez.
Diz o primeiro: eh ... tanta água!
Diz o segundo: eh ... tanta areia!
Diz o terceiro: Ai...Ai Vamos embora antes que apareça o cimento...

O único sítio no mundo onde os carros andam na frente dos bois ....... é nos super-mercados!

Um homem todo contente à porta da maternidade por a mulher ter dado à luz 5 gémeos, diz:
- Tenho cá um canhão!
Responde o médico:
- Veja lá se o limpa, porque saíram todos pretos.

Isto é trabalhar para a estatística!!!

Leiam e retirem as vossas conclusões. Não necessita de comentário. É um extracto de acta de uma reunião de um CP

Informações da reunião com um responsável de uma DRE (7 de Janeiro de 2007)*
Os resultados das Provas de Aferição deste ano (quase meio milhão) são difíceis de comparar com os anos anteriores, dado que, anteriormente, essas provas eram aplicadas por amostra. Todas as escolas devem interpretar esses resultados, definindo estratégias de melhoria;* Os Conselhos Executivos têm de ter particular cuidado na nomeação dos correctores de exames. Segundo a responsável da Direcção Regional da Educação, "Os alunos têm direito a ter sucesso. Talvez fosse útil excluir de correctores aqueles professores que têm repetidamente classificações muito distantes da média. O que honra o trabalho do professor é o sucesso dos alunos".

*Este extracto de acta de uma reunião do Conselho Pedagógico foi-me enviado por alguém que não quis ser identificado porque, segundo afirmou, há medo e intimidação nas escolas.

25.3.08

ONG. Uma solução para o País

Segundo notícia do «Público», de hoje, «a Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) lançou ontem "um apelo a todos os pais para que exerçam o seu poder paternal junto dos seus filhos, educando-os no sentido da responsabilidade e do comportamento que devem ter em sala de aula, o seu local privilegiado de aprender".

Em comunicado, a Confap manifestou também a sua solidariedade para com a professora que foi confrontada por uma aluna da Escola Secundária Carolina Michaelis, no Porto.

"Apela-se aos pais para que imponham regras muito firmes quanto ao uso de telemóveis pelos seus filhos", acrescenta a Confap, reconhecendo que muitos dos conflitos existentes no interior das escolas se devem ao uso indiscriminado de telemóveis. Segundo a associação, o desaparecimento da família tradicional e da escola tradicional estão intrinsecamente ligados à actual "crise da autoridade" e à "crise da educação" com que a sociedade se debate. "A sua resolução não passa pela restauração da autoridade perdida, mas pela compreensão da História e procura de novos caminhos", acrescenta.»

A solução para a revitalização do País irá residir em atitudes como esta, de organizações não governamentais, de particulares, como sindicatos, Igreja, e outras instituições privadas. São necessárias mais organizações como a Confap que contribuam para a recuperação de valores indispensáveis a uma sociedade moderna onde haja respeito por todos e sentido das responsabilidades, e as crianças aprendam cedo a ser pessoas preparadas para viver em verdadeiro ambiente democrático.

Ao Estado deixam-se os problemas «vitais» do País tais como a proibição dos piercings, a investigação das despesas com os casamentos, os casamentos de homossexuais, as leis muito elaboradas que ninguém lê nem pode aplicar, como a do controlo de armas que não fez reduzir a criminalidade violenta armada, as sucessivas alterações do Código da estrada que não reduziram substancialmente os acidentes mortais, etc, etc.

NOTA: Este post foi publicado em Do Mirante, onde foram colocados comentários que merecem meditação e réplica, podendo originar uma interessante troca de ideias.

24.3.08

"Dá-me o telemóvel JÁ!" por Mário Crespo

Mário , Crespo, Jornalista

In Jornal de Notícias, 24 de Março de 2008

Tira os adjectivos e ficas com os factos. Atticus Finch advogado no Alabama, in Não matem a cotovia - Harper Lee.

Vi há semanas uma excelente encenação do Cândido de Voltaire, no Maria Matos, em Lisboa. Uma das personagens, o filósofo germânico dr. Pangloss, que encontrava sempre um aspecto redentor em praticamente tudo (já que este era o melhor dos mundos possível), ao desembarcar na frente ribeirinha de Lisboa no dia do terramoto de 1755, vê tudo destruído e no meio das ruínas a gentalha a pilhar num saque sanguinário. Questionado por Cândido sobre o que era aquilo, responde

"... Isto é o fim do Mundo".

Pivot

Boa noite, uma professora foi agredida na escola Carolina Michaëlis, no Porto. A cena foi registada em vídeo por um telemóvel e divulgada no YouTube.

(Segue Vídeo 1' 10")

Se o incurável optimista Pangloss tivesse visto o vídeo da aula de Francês no 9.º C, só podia ter comentado que era o fim do Mundo. E foi. O vídeo, a boçalidade dos comentários de quem filmou, os ataques selváticos de quem atacou, a birra criminosa da delinquente a quem tiraram o telemóvel, a indiferença da maioria da turma pelo horror do que se estava a passar mostram o malogro do sistema administrado pelo Ministério da Educação.

"Ha… ha… ha...ha...ha"

"DÁ-ME O TELEMÓVEL!"

Há um caso exemplar no historial governativo socialista onde Maria de Lurdes Rodrigues podia ir buscar inspiração. Em Março de 2001, depois da queda da ponte de Entre-os-Rios, o ministro da tutela anunciou que se demitiria com efeitos imediatos. Foi a maneira consciente de mostrar responsabilidade.

"Sai da frente... sai da frente!"

Por favor, façam-me a justiça de não considerar sequer que estou a fazer comparações. A enorme crise que atravessa o sistema educativo em Portugal e a queda de uma ponte cheia de pessoas em cima, com as consequentes fatalidades, são situações de gravidade específica que não toleram comparações. O que digo é que a decisão de Jorge Coelho de se retirar de funções porque a ponte de Entre-os-Rios era responsabilidade de vários departamentos do seu ministério, é o modelo de comportamento governativo.

"Ó Rui, ó Rui, ó Ruizinho!"

Maria de Lurdes Rodrigues tem um tremendo desastre entre mãos e contribuiu directamente para ele com as suas políticas de desrespeito de toda a classe docente e com o incompreensível arrazoado de privilégios estatutários garantísticos aos discentes, que estão a condenar toda uma geração e a comprometer o futuro de todo um país.

"Ó gorda, ó p (...), sai daí!"

Depois de todos termos, finalmente, visto aquilo que realmente se passa nas nossas escolas, nada pode ficar na mesma. A DREN, que já se devia ter ido embora no escândalo do professor Charrua, tem de sair porque aquela gente obviamente não sabe o que está a fazer. O Conselho Directivo da Carolina Michaëlis tem de ser imediatamente substituído por gente capaz de proibir telemóveis e de impor (não tenham medo da palavra), impor, um ambiente de estudo na escola pública. Reparem que durante o desacato e o linchamento da professora nenhum dos alunos abre a porta da sala de aulas e pede ajuda.

"Sai da frente... sai da frente!"

Isso atesta que já não ocorre aos próprios alunos que haja na escola alguém capaz de impor disciplina e restabelecer a ordem.

"Olha a velha vai cair!"

Por isto a Turma do 9.ºC tem de acabar! Por uma questão de exemplo, os alunos têm de ser dispersos por outras turmas e o 9.º C deve ficar com a sala fechada o resto do ano, numa admoestação clara de que este género de comportamento chegou ao fim. Maria de Lurdes Rodrigues não pode ficar à espera de receber outra vez o apoio do primeiro-ministro. Depois disto, é seu dever sair do cargo. E não é, como diz constantemente, a mais fácil das soluções. É a medida necessária para que haja soluções. A saída da ministra é, viu-se agora, uma questão de segurança nacional. É a mensagem necessária para a comunidade escolar, alunos e professores, entenderem que o relaxe, a desordem e o experimentalismo desenfreado chegaram ao fim. Que não há protecção política que os salve já da incompetência do Ministério, da DREN e de tudo o mais que nestes três anos nos trouxe à vergonhosa situação que o vídeo do YouTube mostrou ao país e ao Mundo. Uma questão mais os sindicatos viram as imagens de um crime a ser cometido em público contra uma professora. Façam o que devem. Façam as devidas queixas-crime contra a aluna agressora e contra quem filmou e usou abusiva e ilegalmente da imagem da professora a ser martirizada. O crime foi visto por todos. O Ministério Público tem competência para mover o adequado processo contra esses alunos. Cumpram o vosso dever sem tibiezas palavrosas. Já não se pode perder mais tempo com disparates.

Mário Crespo escreve no JN, semanalmente, às segundas-feiras

COMENTÁRIO: Mário Crespo, é para mim o melhor jornalista da actualidade, o mais directo, um dos poucos que não se vendem, sem medos.
Só um reparo - para a Ministra se demitir tinha que ter vergonha na cara e, já está mais que provado que neste governo os que tinham já lá não estão.

O que fazer? Como controlar as "criancinhas"

Chamo especial atenção para esta parte:
Parece-me bem.
Mas isto cria um PROBLEMA!!!
Gasta-se mais dinheiro..........................e isso não pode ser! O importante é o dinheiro!!!!

21.3.08

E para quando a avaliação dos papás?

Mas isso não dá votos!
O que dá votos é "malhar" na função pública...
O que dá votos é retirar os direitos que "eu" tb gostaria de ter...
Para quando a responsabilização dos Encarregados de Educação como acontece nas países civilizados? Penalizações no IRS, multas, retirar abonos...

Violência contra professora fica por punir

Violência contra professora cometida em FEVEREIRO fica por punir. Tudo aconteceu na Escola Secundária António Sérgio, em Gaia. Agredida fisicamente e verbalmente por vários alunos.
Mais AQUI.

"Bullying" nas escolas

O 24 horas de hoje traz um artigo muito interessante sobre a indisciplina actual nas escolas.


Comentário: será que a Ministra Lurdes, os seus Secretários de Estado, a competentíssima CONFAP, não deveriam ter já reunido de emergência? Isto é uma vergonha!

1400 compraram Curso de Engenharia

hoje no Correio da Manhã

No Instituto Politécnico de Coimbra

1400 compraram Curso de Engenharia

Cerca de 1400 bacharéis de cursos de Engenharia obtiveram administrativamente o grau de licenciado, no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, uma das seis unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC). A situação está a provocar mal-estar no meio académico da cidade, pois “dá uma ideia de facilitismo”, considerou fonte do IPC.
COMENTÁRIO: Não percebo esta notícia. Mas não é legal??? E então o Sócrates??? Esse pode........foi a um Domingo.

20.3.08

Olha, afinal há mais... alunos bonitos!!!

Este é o típico panorama escolar, onde ser boa pessoa, calma, tranquila, leva a ser gozada.
Até ao dia!!!
Qualquer dia este pode ser "aquele" que traz a caçadeira e desata a abrir...
video
E aí, a culpa é dos Professores!!!!
Mais uns meninos bem educados. Estes dizem os palavrões às prestações!!! Um diz "CA", outro diz "RA" e outro diz "LHO". CA-RA-LHO!!!!!
video

Mais e mais e mais... são todos bons meninos.
video

+ um CEF. Agora é uma aula de Inglês. Assim vale a pena dar oportunidades a estes jovens. Agora eles terão um futuro risonho. Já fazem parte da estatística.
video

O pão nosso de cada dia das escolas... alunos mal educados

Hoje de manhã recebi o vídeo da Professora de Francês que queria tirar o telemóvel a uma aluna. Fui criticado pela sua divulgação.
Vejo agora que fiz bem em divulgar. Já passou nas TVs tb. Será que viram aqui???
Não era a primeira vez.
Resolvi então perder algum tempo e procurar mais alguns exemplos dos alunos que os Professores Portugueses têm que aturar.
Indisciplina, é para mim, o cancro do ensino.

Neste vídeo pode-se ver um aluno a acender um cigarro na aula!!!
video

Durante uma aula de CEF (as que foram criadas para melhorar as estatísticas) de Matemática.
video

Uma aluna resolve "tripar" com a stora.
video

ECD em Portugal??? E as ilhas?

Que tal juntar o melhor dos vários e fazer um Estatuto da Carreira Docente DECENTE!!!

Rui Costa na ilegalidade desportiva

Como já tínhamos dito em 25 de Janeiro, o Sr. Rui Costa faz publicidade a uma empresa de apostas online. Ainda hoje recebi spam desta empresa.As normas da FIFA e da UEFA não o permitem!!!
Mas continua.
E a FPF???

Professora insultada, agredida e humilhada

Uma professora tirou o telemóvel a uma aluna de 9º ano pois esta estaria a brincar com ele durante a aula.
Eis o que aconteceu:

video
Isto é o que se passa nas escolas.
Não há respeito pelos professores e funcionários.
Não há sanções apropriadas para quem tem extrema falta de educação e violência.
NÃO ACONTECE NADA.

19.3.08

Ministra já foi à vida

Profs obrigados a "pedir" para serem avaliados

In Ramiro Marques
"Acabei de saber por uma colega indignada que hoje, na sua escola – do concelho de Sintra, foi chamada ao CE, assim como os seus colegas contratados, tendo-lhes sido comunicado que segundo recentes directivas do ME, iriam ser avaliados e que para dar início ao processo, deveriam antes redigir um documento no qual teriam de dizer expressamente "quero"ser avaliado.
Como é óbvio, os colegas nem queriam acreditar e lá foram argumentando como puderam mas nada ...Ordens da tutela às quais temos de obedecer!
Se pensarmos que estamos em período de interrupção escolar e que os professores tem menos capacidade de se juntarem e de discutirem, só nos podemos indignar e denunciar!. A Sra. Ministra vai poder anunciar à comunicação social que o processo de avaliação decorre com toda a normalidade e que até foram os professores que a pediram. Eles estão a sair do armário."
COMENTÁRIO:
Os Professores querem esta avaliação? NÃO. Esta não querem. Mas vão ter!!! Obrigados e mais nada...
Eu não assinaria o "quero". Ou mudavam os palavrões ou nada feito. E eu sou teimoso. Temos que ser TODOS!!!

Democracia a sério!!!

Vejam !!! Passou na SIC...
IMAGINA SE O HOMEM LEVASSE A BANDEIRA DO PS ? :)

Ou fosse vestido de rosa, laranja ou VERMELHO !

http://videos.sapo.pt/iZB2g9IHmrUhlny46gWG

18.3.08

Altos e baixos no rectângulo

Em dois posts recentes, à semelhança do que já tinha feito em relação a outros factos muito positivos com provável incidência na modernidade de Portugal, enfatizei os casos de Maria de Medeiros e de Filipe Valeriano. O primeiro caso realça a cultura portuguesa no estrangeiro e o segundo constitui um exemplo de como se prepara o Portugal do futuro, através do raciocínio lógico que a Matemática ensina a desenvolver.

Gostaria de incluir aqui muitos mais casos deste género, mas as notícias orientam as atenções para uma «classe» de pessoas de onde apenas saem exemplos do que não deve ser feito. Estou convicto de que poderá haver políticos sérios, pois há excepções em todas as regras, mas o conceito geral não é o mais laudatório. Será por isso que passam a vida a auto-elogiarem-se. Já que ninguém o faz… fazem eles o próprio elogio!

Ontem, o JN trazia a notícia «Fundos europeus em causa própria» de que deixo aqui este link para quem desejar conhecê-la na íntegra, pois apenas vou fazer-lhe algumas pontuadas.

Refere-se a um dirigente do PSD que, na condição de presidente da Associação para o Desenvolvimento Turístico da Região Centro (ADTREC), a 4 de Maio de 2004, interferiu na adjudicação de um contrato de mais de 700 mil euros a uma empresa a que viria a ficar ligado, cerca de um ano depois. A empresa adjudicatária era presidida por um amigo, sócio e antigo deputado do PS. Tudo entre compadres da mesma «classe»!

À data da adjudicação, o referido líder acumulava os cargos de presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro e de gestor do Programa Operacional do Centro, sendo nesta dupla condição que viabilizou o financiamento da mesma empresa e do seu contrato com 528 mil euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Ainda segundo a notícia, foi eleito deputado a 20 de Fevereiro de 2005, e teve breves passagens pelos Governos de Durão Barroso e Santana Lopes como secretário de Estado da Administração Local e da Administração Interna.

Perante casos como este e outros que a Comunicação Social, ocasionalmente e de forma discreta, traz ao conhecimento dos leitores, somos levados a ter sempre presente as palavras do bastonário da Ordem dos Advogados quando se refere à confusão que os políticos fazem entre os interesses do Estado e os seus interesses privados. Já João Cravinho referiu a necessidade de combater o enriquecimento ilícito e o tráfico de influências, tudo isto inserido no conceito mais conhecido por corrupção, fenómeno de que o Estado é o maior prejudicado, mas que os políticos evitam combater de forma eficaz. Pois se são eles os principais beneficiados! Mas, segundo estes, tudo está dentro da legalidade, isto é, a coberto das leis que eles próprios fabricam com o cuidado das vírgulas e outras habilidades que lhes dão a protecção de uma blindagem eficaz.

Porém, neste período de meditação pascal, salta um desabafo de inocente pureza: Como seria maravilhosos se os portugueses tivessem razões para ver, nos seus eleitos, bons exemplos a seguir pela população em geral, comportamentos impolutos de isenção e dedicação ao bem estar do povo, às grandes causas nacionais!

Mas os grandes problemas nacionais são, para essas pessoa «geniais», as questões de suma importância do uso dos «piercings». Já não se preocupam com a aplicação geral ou parcial da lei do tabaco ou da ineficácia da lei inviável de controlo de armas ou da crescente criminalidade violenta. Isso, para eles, são coisas menores, insignificantes ao lado do tema de importância nacional dos «piercings».

São estes os valorosos portugueses que «se vão da lei da morte libertando»!

Resultados da Songagem EDUCAÇÃO

Está mais que visto!!!! O objectivo é DINHEIRO. Poupar!!! Não é melhorar a Educação... Atiram poeira para os olhos do povo: "osprofs ganham muito e não fazem nada"..."não querem ser avaliados"...

Uma comissão avaliadora por escola, com profs de várias áreas, pais, alunos (no secundário), executivos.
Mas com regras bem diferentes das estabelecidas.
Com créditos horários para os avaliadores não terem de faltar às suas aulas.

Investir é a solução.
Investir!!!!!!!!

17.3.08

Eu na RTP - Vida difícil dos profs

Na sexta-feira fiz parte de uma reportagem da RTP onde mostra que a vida de Professor não é fácil.
Vejam AQUI.
(se alguém souber "sacar" o vídeo e puder enviar .... tiago.democracia@gmail.com)

Vamos exigir as 35 horas na Escola!!!

Recebi esta mensagem e quero partilhar convosco...
Aos meus colegas professores espalhem-na para ver se algumas coisas são esclarecidas...
Alguns comentários de colegas sobre a perseguição aos prof's (afinal, os GRANDES culpados do estado do ENSINO em Portugal)
Porque não mudamos de agulha?! Vamos passar a exigir as 35 horas semanais... Assim a nossa sociedade não pode acusar os professores de trabalharem pouco... "Pois eles até se queixam! Querem trabalhar 35 horas... só pode ser porque REALMENTE trabalham mais". Os pais deverão passar a perceber melhor o que se passa...
Há muitos que realmente não se preocupam com o trabalho que fazem e quanto menos melhor. Mas desses há em todas as profissões!
O que quero é trabalhar 35 horas e não me preocupar mais com a escola. Porque, se a ideia for as 35 horas MAIS não sei quantas fora de horas então que nos paguem para isso, pois não há dúvida que os "gordos" vencimentos que nos pagam são para 35 horas.
Então vai ser o bom e o bonito: "Tenham paciência, mas não trago os testes! É que os computadores estiveram toda a semana ocupados por outros colegas. Fiquei até à hora de sair a olhar para as moscas porque não tinha onde trabalhar (o portátil é MEU, é para actividades de lazer, a escola não mo ofereceu!). Depois fui passear com a família. Estava fora das 35 horas. Vamos ver se para a semana temos mais sorte!"
Ou então: -"O Stora!!! Outra vez o mesmo CD???”
- “Tenham lá paciência. Mas já requisitei outros no ano passado (iguaizinhos a uns que comprei para me entreter enquanto brinco com os meus filhos depois das 35 horas). Ainda estou à espera. Mas esta música é muito interessante, ora vamos lá abordá-la de uma outra forma, de certeza vocês vão gostar muito." (É que os professores que não tiverem imaginação e uma atitude muito positiva, não são bons profissionais).
Ou ainda: "Desculpem lá, mas vou ao cinema com a minha mulher! São 17h e não posso continuar nesta reunião!" (Claro que posso ser obrigado a isso, se pagarem as horas extraordinárias ou um suplemento de isenção de horário!")
Já agora... e a propagada necessidade de formação contínua, de actualização??? No meu tempo familiar??? NEM PENSAR!!! Só nas desejadas 35 horas!!!!
EU QUERO UM HORÁRIO DE 35 HORAS E ORGANIZAR A MINHA VIDA PROFISSIONAL À VOLTA DESSAS 35 HORAS!!!!
Exijo que me obriguem a estar na escola 35 horas, e mais nada! Ou então calem-se e não me falem mais nisso pois, com jeitinho, pego num cronómetro e passo a impor-me 35 horas, mesmo que não mo obriguem!!!
Não gozem comigo! A sério, vamos pedir as 35 horas! 
Já agora, gostava de ver um estudo comparativo, sério, entre diferentes carreiras de licenciados. Horários, remunerações, sistemas de saúde, etc. Também gostava REALMENTE de saber que raio de privilégios é que tenho! É que se me parece que a nossa carreira é uma aberração, com um topo decente, mas uma metade inicial uma anedota, seria interessante saber e não só parecer.
E para acabar, porque será que de uma profissão que dizem tão privilegiada, também dizem que só a têm aqueles que não encontram mais nada???
Gostava de perceber, mas sou professor, não chego lá! 
Eu também quero trabalhar as 35 horas na escola! 
Mas quero mais... Quero tirar as férias em diferentes alturas do ano e não ter de gramar sempre o Agosto!!! Tudo tão caro nesse mês. Vou já escolher: quero uma semana em Março, outra em Novembro e duas semanas na 1ª quinzena de Julho! E vou vender o meu PC de casa porque vou conseguir fazer tudo na minha escola! Vai ser fantástico! Vamos todos lutar pelas 35 horas!
Eu também quero trabalhar as 35 horas na Escola. E, já que ficamos cada vez mais iguais aos outros funcionários públicos, também quero marcar férias fora do período que medeia entre 15/7 e 31/8 (ou uma semana além, por causa do Serviço de Exames). É que fora desse período gozo melhor as férias: - há menos gente e tudo sai mais económico.
Quero também deixar de ter o porta-bagagens do meu carro transformado num escritório ambulante, carregando testes, apontamentos e livros de casa para a Escola e vice-versa. Também quero poupar nos tinteiros para a impressora, nas resmas de papel e na energia eléctrica que gasto em casa, à conta da necessidade de preparar aulas, instrumentos de avaliação, reuniões, etc.
E mais, quero almoçar a horas e com sossego. As sandes do bar da Sala dos Professores, ingeridas num curto espaço de tempo, já me estavam a fazer mal ao estômago. Também quero que as reuniões acabem a horas e não se prolonguem para além das 20 horas, já para não falar de alguns Pedagógicos em que a Ordem de Trabalhos traz assuntos mais complicados que vão para além dessa hora. Quero sair à noite descansadamente, para tomar um café, sem pensar que ainda tenho alguns testes para corrigir, algumas notas a rever por causa das avaliações intercalares, etc...
Vamos exigir as 35 horas na Escola!!!
Eu também quero as 35 horas na escola, e não ter que me preocupar com o trabalho quando estou em casa.
TAMBEM NÂO ME QUERO PREOCUPAR COM AS 3HORAS DE VIAGENS QUE FAÇO TODOS OS DIAS DE ESCOLA PRA CASA E DE CASA PARA A ESCOLA, E TER A REGALIA DE GASTAR UMA PIPA DE MASSA PARA ME DESLOCAR DE QUE ME POSSO QUEIXAR EU...ATÉ TENHO QUE TRABALHAR AOS SABADOS DURANTE
TODO O DIA COM O DESPORTO ESCOLAR E ME DOU AO LUXO DE NADA RECEBER PARA ISSO...
O colega Ramiro Marques tb fala disto. AQUI.

15.3.08

Novas medidas pela Educação

Chegou a hora de novas medidas. Tem que ser assim!!!
Talvez com 1.000.000 de assinaturas o Cavaco abra os olhos.
Divulguem!!!

Petição para a demissão da ministra da Educação:

http://www.petitiononline.com/demissao/


Petição contra a actual Avaliação do Desempenho da Classe Docente:
http://www.PetitionOnline.com/17257/petition.html

Sócrates e os auto-elogios

kNa reportagem da SIC sobre o dia-a-dia de Sócrates, o primeiro-ministro faz um telefonema para José Luís Zapatero.
Esta é uma demonstração clara de PODER.
Até tem o télélé pessoal do Zapa (prós amigos) na memória do seu nokia.

A conversa foi analisada por uma tradutora e, vê-se que é cada tiro cada melro.
Afinal não é só no Inglês...

Este homem é um poliglota...


E ficámos tb a saber que o nosso 1º começa a trabalhar às 11:00. Para isso basta ver que o relógio (avariado com certeza) do café da esquina. Curioso é que o pequeno almoço seja "Cabrito à Padeiro" com torradinhas e chá de camomila.
E é GENEROSO!!!
Um grande Senhor. Humilde... Sensível...

Related Posts with Thumbnails