4.3.07

Promoveu a mulher com aumento de 500€

O presidente da Câmara Municipal de Mesão Frio, Marco Teixeira, promoveu a mulher, Florbela Silva, que já era sua secretária, nomeando-a chefe de gabinete, o que implica um aumento de vencimento na ordem dos 30%, ou seja, mais 500 euros por mês segundo a tabela legal.

A situação está a indignar a oposição socialista, pelas vozes dos vereadores Cristina Major e Mário Sousa Pinto, acusa o autarca do PSD de "nepotismo" e de "ausência/omissão de governação, uma vez que, ainda por cima, tanto ele como a mulher têm por regra sair de casa às 15 horas".

A nomeação foi publicada, no passado dia 21 de Fevereiro, em Diário da República. Como secretária de Marco Teixeira, Florbela Silva, auferia 60% do vencimento de um vereador a tempo inteiro, ou seja, cerca de 1500 euros. Agora, como chefe de gabinete, passa a ganhar 90% dessa remuneração, passando a receber cerca de dois mil euros.
Cristina Major e Mário Sousa Pinto recordam que "ainda há bem pouco tempo se recusou uma proposta para aumento do subsídio aos bombeiros voluntários, de valor pecuniário inferior aos valores que envolvem esta decisão, por alegada incapacidade financeira".

Marco Teixeira refuta estas acusações, lembrando que "os bombeiros recebem da Câmara a um excelente apoio de 62500 euros por ano". Quanto aos horários, o presidente diz que "a acusação é absurda" "Nós temos isenção de horário e se, algum dia, chegámos mais tarde, também trabalhamos aos fins-de-semana, feriados e, muitas vezes, até às três da manhã", recorda.
Sobre a nomeação da mulher, Marco Teixeira diz que "a pessoa em causa vai acumular as funções de secretária e de chefe de gabinete e tem acumulado, há vários anos, as funções de coordenação dos serviços de apoio aos idosos, à juventude, ao emprego e à formação profissional". "Esta mudança de cargo resulta de uma reorganização de serviços, atribuindo às pessoas os lugares de acordo com as funções que efectivamente prestam", acrescenta.

Marco Teixeira realça que, "em termos de custos para a Câmara, é preciso deduzir o vencimento a que ela tem direito como funcionária. Ou seja, se fosse buscar alguém lá fora ficaria mais caro", considera. O presidente elogia, ainda, "o trabalho notável" da mulher e sugere "que o digam as muitas pessoas que estando desempregados se recusam a viver à custa dos cônjuges e que arranjam emprego graças ao trabalho desenvolvido pela Florbela". "Desperdício são os 60 euros que alguns vereadores recebem por uma hora de reunião, em que não fazem qualquer sugestão, nem apresentam ideias ou projectos", termina.
In JN

8 comentários:

Zé Pedro disse...

Antes de tudo, parabéns pela nova cara do blog, está porreiro ( não sei se é nova, há uns dias que não passo aqui, falta de tempo, infelizmente ). Infelizmente tudo se mantém na mesma tirando o template, é que motivos para se falar de coisas positivas em Portugal, só mesmo na Espanha...lolol

Abraço do Catano !!!

A. João Soares disse...

Infelizmente, este caso não é único. Desde ministros a autarcas e a empresas com dinheiros do Estado, há sempre um lugar bem remunerado para um familiar ou um amigo. Se lermos o DR lá encontramos muitas nomeações para filhos de gente bem colocada na oligarquia. O casos mais discreto é os ministros trocarem favores desse género, mas há casos gritantes como o ministro que ao entrar em funções disse não gostar do gabinete e mandou contratar uma decoradora indicando o nome da esposa! Outro, embora tenha no ministério um volumoso serviço de informática, nomeou a filha para tratar da manutenção do site do ministério!!!
País em adiantado estado de podridão.
E o povo não reage, aceita estas corrupções, esta adormecido, nem repara que em França, na Hungria, na Dinamarca, as pessoas reagem com visibilidade aos abusos do Poder. Lá há democracia. Aqui há sonolência e acomodação na miséria moral.
É bom que a blogosfera continue a fazer esforço para despertar o povo da sonolência. O resultado não será imediato mas, a prazo, terá efeitos, como a água do ribeiro que bate na rocha dura até a furar.
Abraços

ringthane disse...

AJS,

concordo com a tua conclusão, mas da mesma forma te digo que urge fazer qualquer coisa diferente para compensar o risco a que qualquer um de nós está sujeito de sofrer um enfarte antes de termos tido tempo de passar adiante as nossas convicções.

Carthago Delenda Est.

A. João Soares disse...

Caro ringthane,
Em questões destas não pode haver pressa, mas não se pode perder tempo. Espero que os jovens, os usufrutuários do futuro, façam qualquer coisa de válido, à semelhança do que tem acontecido em França, na Hungria e«e recentemente da Dinamarca.
Mas, mesmo que essa acção mais visível não venha em breve, os blogues estão a produzir efeito. Os recentes posts aqui colocados a favor de professores agredidos por alunos e pais, não estão inocentes na origem das recentes decisões da ministra «sobre o tema.
Com efeito, o Governo só reage sob pressão e esta pode vir das manifestações de rua ou da Comunicação Social. Neste campo, os blogues têm um poder enorme. Temos que nos convencer que isto não é um brinquedo, mas sim uma arma de grande potência.
Um abraço

O Profano disse...

bOaS!
Em relação ao tema de postagem, acredito que o sr presidente eve alguma legitimidade na promoçao que fez. Pois talvez precisa-se de mudar de casa, carro ou até mesmo fazer umas feriazitas, e se calhar não tendo capital para isso, promoveu a sua esposa...
Assim o aumento de capital a entrar em casa foi feito de uma forma "aceitavel" e "legal", e sem recurso a sacos azuis...
;) Abraços Profanos

é de rir com Mesão disse...

http://o-rapaz-da-aldeia.blogspot.com/

metalurge disse...

em portugal tudo é permitido!!!

e o povo a vêr...

JESUS disse...

Eu Fernando Jesus de Fig da Foz fiquei impossibilitado de votar nos vossos partidecos . Pois eu só voto P N R apoio a extrema direita e quanto mais exgtrema melhor. um abraço ponham lÁ O P N R

Related Posts with Thumbnails