12.12.06

GALP é boooooommmmmm. Que reforma!!!

Um quadro superior da GALP, admitido em 2002, saiu com uma indemnização de 290.000,00 euros, em 2004. Tinha entrado na GALP pela mão de António Mexia (PSD) e saiu de lá para a REFER, quando Mexia passou a ser Ministro das Obras Públicas e Transportes...
O filho de Miguel Horta e Costa, recém licenciado, entrou para lá com 28 anos e a receber, desde logo, 6.600,00 euros mensais.
Freitas do Amaral (CDS, depois CDS/PS, depois Bloco Central e depois PS-doente) foi consultor da empresa, entre 2003 e 2005, por 6.350,00 euros / mês, além de gabinete e seguro de vida no valor de 70 meses de ordenado.
Manuel Queiró (CDS- “o braço direito do Algarve”, cunhado da Celeste da Caixa Geral de Depósitos Cardona), do PP, era administrador da área de imobiliário (?) 8.000,00 euros / mês.
A contratação de um administrador espanhol passou por ser-lhe (ao Manuel) oferecido 15 anos de antiguidade (é o que receberá na hora da saída), pagamento da casa e do colégio dos filhos, entre outras regalias.
Guido Albuquerque, cunhado de Morais Sarmento, foi sacado da ESSO para a GALP. Custo: 17 anos de antiguidade, ordenado de 17.400,00 euros e seguro de vida igual a 70 meses de ordenado.
Ferreira do Amaral, presidente do Conselho de Administração. Um cargo não executivo (?) era remunerado de forma simbólica: 3.000,00 euros por mês, pelas presenças. Mas, pouco depois da nomeação, passou a receber PPR,s no valor de 10.000,00 euros, o que dá um ordenado "simbólico" de 13.000 euros...
Abraço

4 comentários:

victor simoes disse...

Pois, aqui está um blogue parceiro. Meus amigos, parabens e força. Só mesmo pela denuncia do que está mal, poderemos fazer chegar a nossa voz mais longe.

Um abraço

Acabem Com o Gamanço disse...

Acabem com o Gamanço!

www.gamanco.blogspot.com

Anónimo disse...

com tanto ladrão a passar pela politica e depois por altos cargos nas empresas puplicas a roubar á grande e á francesa , e nós sempre a pagar impostos , se não puderes pagar ,caem -te em cima como se fosse-mos ladrões e criminosos , com direito a penhora pelo estado Português.

Anónimo disse...

A autoestrada (A8) é uma picada de 5* em obras desde a sua inauguração. Não satisfeitos, aumentaram por causa do IVA, 1,8% em vez de 1%. Um bom exemplo, de um mau serviço prestado ao povo português.

Related Posts with Thumbnails